Yoga elevado a Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO

 

[2016.12.01] O Yoga da Índia foi hoje elevado a Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Recorde-se que em 2014, após a oficialização do Dia Internacional do Yoga pela ONU, o presidente da Confederação Portuguesa do Yoga e Presidente da Confederação Europeia do Yoga, H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája, escreveu uma missiva ao Primeiro-Ministro da Índia propondo aquilo a que chamou o segundo passo: tornar o Yoga Tradicional da Índia Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Mais tarde, no dia em que recebeu o Prémio Padma Shrí, pelas mãos do Presidente da Índia, a 8 de Abril, H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája teve oportunidade de reforçar esta ideia pessoalmente junto do Primeiro Ministro da India, Shrí Narendra Modi, que confidenciou que daí a 2 dias iria a Paris, à Unesco dar início ao processo. Mais tarde, continuando o seu ímpeto de tornar o Yoga Património da Humanidade, o Gr Mestre reune com a Embaixadora da Índia na UNESCO, a 13 de Maio de 2015, reunião que viria a ser fundamental para este processo que hoje foi concluído com a elevação do Yoga a Património Cultural e Imaterial da Humanidade.

Carta de H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája a Shrí Narendra Modia propondo a elevação do Yoga de Bhárata
a Património Cultural e Imaterial da Humanidade na UNESCO - 2015, Março, 21

 

   
H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája com a Sr.ª Embaixadora da Índia na UNESCO,
Ms. Ruchira Kamboj – Paris – 2015, Maio, 13
  H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája recebendo o Prémio Padma Shrí das mãos do Presidente da Índia Pranab Kumar Mukherjee - Rashtrapati Bhavan, Dillí, Índia - 2015, Abril, 8

 

Yoga elevado a Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO

 

[2016.12.01] O Yoga da Índia foi hoje elevado a Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Recorde-se que em 2014, após a oficialização do Dia Internacional do Yoga pela ONU, o presidente da Confederação Portuguesa do Yoga e Presidente da Confederação Europeia do Yoga, H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája, escreveu uma missiva ao Primeiro-Ministro da Índia propondo aquilo a que chamou o segundo passo: tornar o Yoga Tradicional da Índia Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Mais tarde, no dia em que recebeu o Prémio Padma Shrí, pelas mãos do Presidente da Índia, a 8 de Abril, H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája teve oportunidade de reforçar esta ideia pessoalmente junto do Primeiro Ministro da India, Shrí Narendra Modi, que confidenciou que daí a 2 dias iria a Paris, à Unesco dar início ao processo. Mais tarde, continuando o seu ímpeto de tornar o Yoga Património da Humanidade, o Gr Mestre reune com a Embaixadora da Índia na UNESCO, a 13 de Maio de 2015, reunião que viria a ser fundamental para este processo que hoje foi concluído com a elevação do Yoga a Património Cultural e Imaterial da Humanidade.

Carta de H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája a Shrí Narendra Modia propondo a elevação do Yoga de Bhárata
a Património Cultural e Imaterial da Humanidade na UNESCO - 2015, Março, 21

 

   
H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája com a Sr.ª Embaixadora da Índia na UNESCO,
Ms. Ruchira Kamboj – Paris – 2015, Maio, 13
  H.H. Jagat Guru Amrta Súryánanda Mahá Rája recebendo o Prémio Padma Shrí das mãos do Presidente da Índia Pranab Kumar Mukherjee - Rashtrapati Bhavan, Dillí, Índia - 2015, Abril, 8